Educação Continuada

Apresentação

O Brasil tem vivido mudanças desafiadoras nos últimos anos. Tanto as instituições democráticas como o projeto de desenvolvimento social e econômico do país passam por uma prova de resistência inédita. Reina confusão na esfera pública e os consensos sociais construídos nas últimas décadas estão sendo reavaliados. As antigas respostas com legitimidade científica mostram sua limitação para a compreensão do momento atual. Como em toda época de crise andamos no fio da navalha entre a catástrofe e a chance da criação do novo. O presente curso pretende ser uma contribuição ao desafio de se reinventar uma nova maneira de se pensar e compreender o Brasil. Afinal, uma nova prática social só é possível quando percebemos o mundo de modo também novo. Os seres humanos são “animais que se auto interpretam”, o que implica que todo comportamento é fruto de um trabalho interpretativo anterior, quer tenhamos consciência disso ou não.

O presente curso pretende ser uma contribuição ao desafio de reinventar uma nova maneira de pensar e compreender o Brasil, de modo a permitir novas práticas sociais. Para tanto, o curso promoverá mediante exposição, análise e crítica a desconstrução de certos conceitos sociais que serviram para empobrecer o debate acerca dos principais problemas do Brasil moderno, em especial a desigualdade.

O curso pretende demonstrar que a legitimação da desigualdade no Brasil contemporâneo não está relacionada a reprodução de um passado longínquo, seja da escravidão ou do “mal de origem” português, fonte do suposto “jeitinho brasileiro” pré-moderno, mas a certas interpretações sociais e econômicas “fetichistas” reinantes que insistem em transformar a corrupção política em nosso problema central.


Objetivos

O Brasil tem vivido mudanças desafiadoras nos últimos anos. Tanto as instituições democráticas como o projeto de desenvolvimento social e econômico do país estão passando por uma prova de resistência inédita. Reina confusão na esfera pública e consensos sociais construídos nas últimas décadas estão sendo reavaliados. As antigas respostas com legitimidade científica mostram sua limitação para a compreensão do momento atual. Como em toda época de crise andamos no fio da navalha entre a catástrofe e a chance da criação do novo. O presente curso pretende ser uma contribuição ao desafio de se reinventar uma nova maneira de se pensar e compreender o Brasil. Afinal, uma nova prática social só é possível quando percebemos o mundo de modo também novo. Os seres humanos são “animais que se auto interpretam”, o que implica que todo comportamento é fruto de um trabalho interpretativo anterior quer tenhamos consciência disso ou não. 

O curso pretende desenvolver dois eixos temáticos inter-relacionados. São eles a reconstrução de uma nova perspectiva histórica e a compreensão da formação das classes sociais e sua dinâmica. Esses dois eixos temáticos pretendem fornecer uma visão abrangente do nosso presente para que não nos percamos no conhecimento superficial e fragmentado.

Sobre o Curso
  • Categoria: Extensão
  • Público-alvo:

    O público é amplo na medida em que o curso reflete tema de interesse geral para todos os cidadãos. O requisito mínimo é o de estar cursando um curso universitário ou ser egresso de cursos universitários sequenciais. Casos específicos podem ser avaliados pelos coordenadores. 

  • Duração: 32 horas para cada módulo
  • Local: Vila Mariana - Cogeae
  • INSCREVA-SEna lista de interesse
Professor em Destaque

Prof. Dr. Jessé Souza

Possui graduação em Direito pela Universidade de Brasília (1981), mestrado em Sociologia pela Universidade de Brasília (1986), doutorado em Sociologia pela Karl Ruprecht Universität Heidelberg, Alemanha (1991), pós doutorado em filosofia e psicanálise na New School for Social research de Nova Iorque, EUA (1994-1995) e livre docência em sociologia pela Universität Flensburg, Alemanha (2006). Realizou diversos estágios pós-doutorais e, como Professor visitante, na Universität Bremen, Alemanha (1999-2000). Escreveu como autor e organizador 27 livros além de mais de 100 artigos e capítulos de livros em diversas línguas, sobre teoria social, pensamento social brasileiro e estudos teórico/empíricos sobre desigualdade e classes sociais no Brasil contemporâneo. É Professor titular da UFABC (Universidade Federal do ABC). Mais recentemente publicou os livros; A tolice da inteligência brasileira, em 2015, e A radiografia do golpe em 2016, ambos pela editora Leya. Em 2017 publicou Inequality in capitalist Soceties pela editora Routledge, em co-autoria com Boike Rehbein e Surinder Jodkha e A elite do atraso: da escravidão a lava jato.

Saiba Mais

Cursos relacionados com inscrições abertas

Especialização
Extensão, Curso Online
Especialização
Especialização
Especialização
Especialização
Especialização
Extensão, Curso Online
Extensão, Curso Online
Menu
Educação
Continuada
J.PUC-SP
Sou PUC